terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Transportadoras do século passado

Estamos em que ano mesmo? Eu sempre me faço essa pergunta quando vejo alguns absurdos que ainda acontecem, apesar de toda tecnologia a serviço do ser humano.

Eu fiz, ultimamente, algumas compras online. Quatro, na verdade. Duas delas, com objetos pequenos, um livro numa delas, uma caixa de dvd's em outra, essas chegaram sem nenhum problema. Coincidentemente ou não, as duas vieram pelos Correios.


No entanto, as outras duas compras, de objetos grandes, vieram por transportadoras. No primeiro caso, numa compra feita no Extra.com, os caras da transportadora conseguiram me entregar uma tv que não era minha e, é claro, entregaram a minha para a outra pessoa, o verdadeiro dono daquela que veio para mim. Apesar de ser num bairro aqui ao lado, nossos nomes não se pareciam e as ruas eram totalmente divergentes, enfim, não tinha nada que pudesse ter gerado tal confusão. Apenas falha humana. Como no meu caso foi o porteiro do prédio quem recebeu, só fui me dar conta na noite daquele dia, quando fui abrir a caixa. Não, eu não sou ansioso e a caixa ainda ficou um tempo sem abrir, mesmo eu já tendo chegado em casa mais cedo. Foram dois dias em função de emails, telefonemas e muita paciência testada.


Quando o entregador se deu conta do que tinha feito, isso lá na casa do outro cliente, voltou aqui e me deixou um bilhete, extremamente mal escrito, coitado, explicando o que tinha acontecido e que tinha "urgência" na troca. Deixou um número de celular para que eu, EU MESMO, ligasse pra ele. Boa essa! Muito boa. O cara faz a cagada, não me liga e me deixa o número do celular dele para que eu ligue e resolva o problema dele. E com urgência! A sorte dele é que eu sou um cara solidário. Ele deve ter sido tão xingado pelo outro cliente que chegou aqui parecendo um cachorro assustado. Falei umas bobagens e fiz o cara rir um pouco. Ele estava tri estressado e com medo de ser xingado por mim também e riu aquilo que se chama de riso nervoso. Troca feita, assunto encerrado.


Bem, o raio não cai duas vezes no mesmo lugar, certo? Errado. Risos. Comprei uma lavadora de pressão que o prédio aqui precisa faz muito tempo. No Mania Virtual, loja altamente conceituada no e-Bit, site no qual eu me associei para ter alguma segurança nas compras.


Comprei no dia 25 e no dia 29 recebi um email da loja informando que a mercadoria seria entregue até dia 1º. Dia 6 (ontem) liguei pra loja pra saber o que estava acontecendo. A atendente informou que foi feita uma tentativa de entrega no dia 3, às 14:20. Começa que dia 3 não é dia 1º. E, nesse dia e nessa hora, eu estava em casa e o porteiro estava lá embaixo. Ou seja, a mais deslavada mentira. Como diria o seu Lili, eu prefiro ter um filho viado do que um filho transportadora! Ah, a atendente me deu uma nova previsão: de segunda (dia 6) a quarta (dia 8), entre 9 da manhã e 9 da noite. Isso é ridículo!! É um desaforo!! Basta me ligar e marcar comigo a hora e o dia!


Em que ano, em que século essas criaturas estão vivendo? Isso é falta de respeito com o cliente. Porque eu não sou cliente apenas da loja que me vendeu. Eu sou, nesse momento, também um cliente da transportadora. O frete está sendo pago por mim. E ainda que fosse pago pela loja em alguma promoção, nunca seria de graça a entrega!


Antes de escrever esse texto, falei via MSN com uma amiga que trabalha numa transportadora aqui de Porto Alegre. Ela me disse que eles sempre ligam para combinar a entrega. Quer atitude mais simples do que essa? Mas, ela também me disse que a prática comum nas transportadoras ainda é a entrega no escuro. Dá para acreditar numa coisa dessas?


Hei! Senhores proprietários e gerentes de transportadoras! Respeito com o cliente! Acabem com a entrega no escuro! Uma ligação de celular ou um email trocado com o cliente e vocês embarcam no século 21.


E como diria Spock, observando o ilógico (pra não dizer estúpido) comportamento humano: fascinante...

1 Deixe seu comentário::

Lua Nua disse...

Tenho tido mais sorte, no começo do ano comprei um GPS pela net e entregaram direitinho qdo marcaram; esse veio pelo correio. No mês passado comprei um notebook da dell, veio por transportadora; eles me ligaram avisando o dia (um sábado, horário comercial) e pedi para ligarem uma meia hora antes de chegarem. Ligaram. Acende uma velinha pro seu anjo da guarda antes de comprar a próxima coisa e boa sorte! Adorei que vc reapareceu. Bjs